ABCCC - Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos

Data definida e novidades na Marcha Anual de Resistência do Cavalo Crioulo

07 DE DEZEMBRO DE 2021 - ATUALIZADA EM 08 DE DEZEMBRO DE 2021 | Redator: Redação ABCCC

Percorrer 750km mantendo a constância do começo ao fim, foi assim que mais de 60% dos animais concluíram a Marcha Anual de Resistência em 2021, mostrando a resistência da raça crioula. No Ciclo 2022 a Marcha já tem local e data para acontecer: de 18 de junho a 2 de julho de 2022, na cidade de Quaraí/RS. A concentração ocorre a partir do dia 19 de maio de 2022.

 

Para o coordenador da subcomissão de Marcha, Luiz Mário Queirolo Diaz, a escolha de Quaraí/RS  como sede da Marcha de Resistência, "foi pela análise dos pontos positivos e negativos que a comissão faz para a escolha de qualquer lugar ou sede para as provas da ABCCC. Notamos um engajamento muito grande da Prefeitura Municipal, Sindicato Rural e Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Quaraí, já que a cidade nunca sediou uma Marcha de Resistência, e é fronteira com o Uruguai que tem tradição muito forte nessa prova".

 

Concentração da marcha - 19/05/2022

Largada da marcha - 18/06/2022

Chegada da marcha - 02/07/2022

 

Uma nova prova no setor de rusticidade

 

A Marchita é uma novidade que começará no Ciclo da raça crioula em 2022. Será uma prova nos moldes que acontece no Uruguai, um evento de quatro dias. As cidades de Pelotas e Aceguá, que solicitaram a realização da Marcha para 2022, bem como Jaguarão, possivelmente irão receber o evento, fazendo com que, no primeiro ano, já se tenha no mínimo três edições da nova prova. 

 

Para a realização da Marchita, lembra Diaz, os Núcleos precisam entrar em contato com a ABCCC para fazer orçamento e tentar o subsídio para a realização das mesmas.