ABCCC - Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos

Tricampeonato de F5 Licurgo Tapajós marca o Nacional Aberto do Rédeas de Ouro 2021

11 DE DEZEMBRO DE 2021 - ATUALIZADA EM 14 DE DEZEMBRO DE 2021 | Redator: Redação ABCCC

Uma noite de tirar o fôlego, onde todas as expectativas em cima de cavalos e cavaleiros de renome na modalidade foram superadas, o momento acabou consagrando dois nomes que dispensam apresentações: o multicampeão Gilsinho Diniz e o “Loiro”, F5 Licurgo Tapajós, que hoje (11) se tornou tricampeão do Campeonato Nacional Aberto do Rédeas de Ouro, mais um título listado para sua vitoriosa carreira nas pistas.  A conquista encerrou a programação do evento, após uma série de apresentações com altas notas em sequência entre os 28 concorrentes que cruzaram com velocidade o túnel de entrada para a esbarrada que dava início ao percurso. 

 

Força, potência e sutileza. Foi assim que F5 Licurgo Tapajós, montado pelo cavaleiro Gilson Vieira Diniz Filho, performou em pista a sua melhor nota de Rédeas entre as três vitórias da categoria Nacional Aberta no Cavalo Crioulo. Com 225 pontos, o “Loiro” escreve mais um capítulo na história da Cabanha Marca dos Santos. Fruto de um grande projeto, Gilvane Marca dos Santos comemora todo o trabalho realizado pelo estabelecimento em cima do campeão da categoria. “Trabalho, muito trabalho, acreditando na raça e pensando sempre em um projeto. Estou muito feliz pois o Loiro já representou muito o brasil e a raça crioula e mostrou que pode retornar para as pistas e conquistar ainda muito mais pódios e troféus. Então vamos lá, em busca de um novo projeto para o Licurgo”, Declara Gilvane. O exemplar conquistou a primeira colocação nos níveis 3 e 4 da categoria. 

 

Além de tri no Nacional Aberto da ABCCC (com as outras vitórias conquistadas em 2013 e 2014), o Loiro acumula prêmios como o bicampeonato do Nacional Amador do Rédeas de Ouro, além da participação nos Jogos Equestres Mundiais de 2018 (quando obteve a melhor colocação de um exemplar da raça na história do WEG), além de premiações a nível nacional e interraças nas disputas da Associação Nacional do Cavalo de Rédeas (ANCR). 

 

Mesmo com a expectativa alta desde o começo, o campeão teve que superar outros nomes de peso na competição. Caso de outro tricampeão, Jubileu da Roraima, que veio mais uma vez à pista com o cavaleiro Jone Carlos da Silva e fez jus à pressão imposta por sua presença na decisão, ficando com o 2º lugar no Nível 4, com 220,0 de nota. O tordilho foi uma das tantas performances que arrancaram muita vibração da numerosa torcida presente nas arquibancadas da maior arena coberta da América Latina.

 

Transmissão ao vivo do início ao fim

Em uma transmissão de três dias, a Final do Rédeas de Ouro 2021 contou com a apresentação da jornalista Estela Facchin. Nos comentários, figura conhecida entre os competidores, que também coleciona diversos títulos na modalidade, tendo alcançado em 2021 o 1° lugar no Campeonato Nacional da Associação Brasileira do Quarto de Milha (ABQM) e o 5° lugar no Campeonato Nacional da Associação Nacional do Cavalo de Rédeas (ANCR), Giovanna Lima diniz. Com uma edição histórica, todos os momentos da prova podem ser conferidos no canal oficial do Cavalo Crioulo no Youtube. 

 

Juízes

Cinco juízes compuseram o time de avaliadores do Rédeas. São eles: Marcos Antônio da Silva Júnior, Ederson Machado, Hiram Resende, Reginaldo Melo Rosa e Leonardo Feitosa. A função de juiz de equipamento ficou a cargo do técnico credenciado à ABCCC Heitor Cheuiche Coelho, e quem coordenou o Corpo de Juízes foi Luis Gregório Campagna Cruz. Os juízes de prova fazem parte do corpo da Associação Nacional do Cavalos de Rédeas (ANCR) e foram escolhidos pela Subcomissão de Rédeas e pelo Colégio de Jurados da ABCCC.

 

Confira o resultado:

 

CAMPEONATO NACIONAL ABERTO NÍVEL 4

 

1º lugar 

GILSON VIEIRA DINIZ FILHO montando F5 LICURGO TAPAJÓS

Nota: 225,0

 

2º lugar

JONE CARLOS DA SILVA montando JUBILEU DA RORAIMA

Nota: 220,0